Coaching sobre Dieta Paleo com Hilton Sousa, praticante de dieta paleo desde março/2013, criador do blog Paleodiário, autor da Revista Dieta Paleo e palestrante.

É comum que as pessoas gastem tempo demais tentando emagrecer. E mais comum ainda, que em geral elas falhem. Ou que percam peso, mas recuperem-no – que acaba equivalendo a falhar, da mesma maneira. Ter alguém que te guie – em qualquer empreitada que seja – reduz a possibilidade de frustração e elimina os "chutes" na busca pelo melhor caminho para se chegar a um objetivo.

Quase todas as pessoas bem-sucedidas tiveram coaches ou mentores, independente da sua área de ação. Ter por perto alguém que já trilhou o caminho que você deseja, para te apontar os atalhos e as armadilhas, é uma maneira inteligente de melhorar suas chances de sucesso!

O objetivo desse texto não é te vender a idéia do coaching por si, mas te prover informações sobre o que eu faço – de maneira que você tenha argumentos para decidir se acredita que a minha ajuda seria de valia para o seu processo. Sinto-me honrado e agradecido por você ter pensado em clicar no link que te trouxe até aqui, mas por favor compreenda que não posso e nem tento trabalhar com todas as pessoas.

O que eu faço

  • Ajudo meus clientes a aplicarem os princípios da dieta paleo, que encontram-se bem delineados no Paleodiário. Sugiro que trabalhemos juntos por um período mínimo de 4 semanas, pois acredito ser uma boa janela de tempo para ter não apenas resultados visíveis, mas para te ensinar algo muito mais importante: como seguir adiante sem mim, e continuar tendo sucesso.

Você pode achar que seu caso é complicado, mas provavelmente eu já trabalhei 
com alguém em situação parecida e sei ligar os pontos para chegar ao resultado!

  • Procuro criar independência em meus clientes. Não quero seguir o modelo tradicional, que amarra o cliente ao prestador de serviço: quero que você saia por aí feliz com os resultados, de maneira que quando as pessoas te perguntarem "o que foi que você fez ?", você diga "dieta paleo"
  • Reviso e esclareço toda e qualquer dúvida que meus clientes têm, ligadas à implementação da dieta paleo: Como é que se começa ? O que se come e bebe ? Quais são as dificuldades iniciais ? Como organizar listas de compras ? Como avaliar o progresso ? (Dica: não é só o peso que conta!) 


O que eu não faço

Eu não sou médico, então não sou habilitado a prescrever ou retirar medicação. Caso venhamos a trabalhar juntos, não serei capaz de responder tais questionamentos.

Eu não sou nutricionista, então não vou te prescrever dietas nem suplementos. Vou te esclarecer sobre como e por que uma dieta paleo funciona; repassar estratégias úteis para a "sobrevivência" num mundo de comida-lixo.

Eu não sou educador físico: posso te falar sobre diversos protocolos de exercício, mas implementá-los fica a seu encargo.


Como eu faço

Depois de diversas tentativas com modelos diferentes de coaching, concluí que a maneira mais clara e segura de conduzir um bom trabalho é via email. Explico: ele deixa um rastro claro e facilmente consultável – não é transiente como uma conversa por vídeo-chat, na qual perde-se o histórico.

Assim, se você faz questão de usar Skype ou Whatsapp, o meu serviço não é para você.

É perfeitamente possível implementar uma dieta paleo saudável desde que você coma produtos de origem animal. Se a sua dieta inclui carne, ovos ou laticínios, você consegue perfeitamente implementar uma dieta paleo. De outra maneira, não há como adaptar a sua filosofia alimentar ao que uma dieta paleo preconiza.

Na nossa jornada juntos, provavelmente você vai duvidar de muitas das informações que vou prover. O que posso dizer é: não atire no mensageiro! Eu não "invento artigos" para embasar o que afirmo. Toda e qualquer afirmação que eu vier a fazer sobre alimentação, terá um ou mais artigos de alto nível que a suportam – exceto quando explicitamente informado o contrário.

Se você não é capaz de dar-se o benefício da dúvida e tentar "pensar fora da caixa", certamente o meu serviço não lhe terá utilidade. É normal ter dúvidas, e mais normal ainda deixar-se levar pelo que a mídia e o pensamento convencional nos ensinam; mas precisamos aprender a colocar o pensamento crítico antes de qualquer manchete sensacionalista, e a questionar diretrizes oficiais – especialmente se elas parecem não funcionar da maneira que prometem.


Mapa de alunos


Alunos felizes espalhados mundo afora!







Depoimentos


Rapaz, que treco maluco esse! A disposição já esta outra, inclusive o sono... Eu dormia 4 a 5 horas por noite agora durmo igual criança. Eu já tinha colocado na minha cabeça que nunca mais voltaria ao mar com uma prancha – Samuel S.
Mesmo já estando bastante por dentro eu não esperava que a transição para uma dieta LCHF fosse ser tão fácil. Não senti nenhum desconforto, nem mesmo no início, e agora, uma semana depois de ter começado, a minha única preocupação é, por alguma razão, ter que voltar à minha dieta antiga! A nova dieta é muito mais rica, mais variada e mais gostosa do que a de antes. A mudança na minha disposição ao longo do dia é incrível, nada de sono ou sensação de ter comido além da conta. E fazer a própria comida - mesmo receitas triviais, que até um completo iniciante na cozinha como eu acerta - é algo que dá uma enorme satisfação. Confesso que ainda fico um pouco apreensivo com a gordura - é difícil esquecer décadas de condicionamento para achar que gordura vai lhe fazer mal - e para isso pretendo continuar com os exames regulares. Fora isso, já posso dizer que me convenci que posso continuar comendo "do jeito paleo" indefinidamente - coisa que dificilmente me passaria pela cabeça fazendo uma dieta tradicional, restritiva. – Murilo S.
Bom dia, Hilton. É um enorme prazer contribuir contigo. Creio que apesar de meu resultado não ter sido conforme a expectativa (a minha), foi muito válida a sua contribuição no meu desenvolvimento. Saber identificar e aceitar suas limitações é muito importante para não cair no erro. Nestes meses em que tivemos um acompanhamento, sei que melhorei muito e sei que suas orientações foram um diferencial para mim. Creio que não é só da parte de fora, que fica à mostra, que a gente tem que cuidar. Na realidade, quando a gente ajusta-se internamente, o exterior consequentemente se beneficia. Quando alguém te mostra um caminho que não será tão fácil e nem tão próximo, mas que vai te levar a algum lugar, realmente vale a pena. – Renata D.
Oito meses de Paleo. Estou muito satisfeito. Uma boa notícia é que o meu cardiologista me liberou do remédio de pressão !!! Eu já havia parado sem autorização 3 meses atrás. Agora é oficial. Não preciso mais dele. Você, Hilton, é responsável. Muito grato. – Rogério P.
Quando comecei a pesquisar sobre dietas paleo/Low carb eu me deparei com muita informação "solta". Entendia o conceito de cetose e o que era permitido ou não mas sempre lia informações diferentes, com estilos e definições que variavam muito. Pesquisando um pouco mais eu conheci o Paleodiário e entrei em contato com o Hilton. Fiz um breve relato com meu histórico, comentei sobre exames e preferências alimentares e acima de tudo disse que estava procurando um norte em meio a tanta informação disponível na internet. O Hilton fez um verdadeiro passo-a-passo, com links, artigos e tópicos para discussão. Dessa forma pude conhecer os protocolos de jejum intermitente e a dieta do guerreiro. Foi possível, então, organizar todo o conhecimento e criar um plano que me livrou de problemas hormonais e levou embora mais de 36kg. Hilton, obrigado pela orientação e espero que você faça o mesmo com muitas outras pessoas. Recomendo! – Neto A.


Alguns alunos









Concluindo

Dito tudo isso, se você acredita que podemos trabalhar juntos, mudar seus hábitos alimentares, ganhar saúde e perder peso, preencha o formulário abaixo. Garanto que nunca divulgarei seus dados!

* indica campo obrigatório